É muito prático poder levar um computador para todos os lugares, mas ficar refém de encontrar uma tomada disponível quando a bateria acaba não é a melhor opção. Com o tempo, essa situação pode piorar até chegar ao ponto em que se deve trocar a bateria do notebook de uma vez.

Mas quais problemas podem ocorrer com a bateria para acelerar esse processo? E como você pode saber que a hora certa de trocar está chegando? Confira neste artigo.

Indicadores que mostram quando você deve trocar a bateria do notebook

As baterias de lítio, o tipo mais utilizado em dispositivos há muitos anos, começam a perder sua capacidade de armazenamento de energia naturalmente com o tempo ― geralmente após 18 meses de uso ―, prejudicando o desempenho do seu notebook e indicando que uma possível troca está por vir. Veja algumas formas de perceber a queda de desempenho da sua bateria.

1. Tempo de duração em repouso

Um dos testes mais fáceis que você pode realizar é medir quanto tempo a bateria consegue deixar seu notebook ligado em estado de repouso. Deixe a bateria carregar por completo e, depois, tire da tomada, reinicie o computador e não abra nenhum programa ou aplicativo.

Mantenha-o com a tela ligada e certifique-se de que as configurações não farão ela se apagar dali alguns minutos. Espere até que o notebook consuma toda a energia armazenada e veja em quanto tempo isso ocorre. Com essa informação em mãos, confira com o valor de referência presente no manual do notebook. Caso o desempenho tenha caído muito e não reflita sua necessidade, já está na hora de providenciar a troca.

2. Capacidade de armazenamento de energia

Se o seu notebook roda sob o sistema operacional Windows 8, 8.1 ou 10, vá até a barra de pesquisa do Windows, digite “cmd” e abra o Prompt de Comando. Na nova tela, digite o comando “powercfg /batteryreport” e aperte Enter. Após alguns segundos, será mostrado onde foi salvo um relatório sobre sua bateria.

Na seção “Installed batteries”, você pode ver informações importantes sobre o desempenho de energia. “Design Capacity” mostra qual é a capacidade original, e “Full Charge Capacity” a capacidade atual em carga completa. Em geral, se a diferença entre os dois for mais de 60%, a bateria já está começando a influenciar o desempenho do notebook e a troca já é recomendada.

Alguns problemas comuns que podem acontecer com a sua bateria

Por mais que o desgaste natural seja o principal motivo que leva às trocas, alguns outros problemas podem acontecer com a bateria do seu notebook e ocasionar a troca.

Uma das piores complicações que podem acontecer é o superaquecimento do seu notebook durante o uso. Isso é um problema tanto em curto prazo, pois atrapalha o desempenho naquele momento, quanto em longo prazo, já que altas temperaturas potencializam esse desgaste natural citado. Procure usar seu computador em ambientes retos, que não obstruem as saídas de ar, e mantenha o interior do dispositivo sempre limpo.

Além disso, o problema pode não estar exatamente na bateria, mas em algum outro lugar do computador, demandando um custo muito maior de energia. Esse tipo de problema de hardware deve ser identificado e reparado por uma assistência técnica especializada.

Agora você já sabe quando deve começar a se preocupar em trocar a bateria do seu notebook, mas se você quer ainda mais dicas para cuidar dela, não deixe de assinar a nossa newsletter!